| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Files spread between Dropbox, Google Drive, Gmail, Slack, and more? Dokkio, a new product from the PBworks team, integrates and organizes them for you. Try it for free today.

View
 

TV a Laser

Page history last edited by Eliandra Alvarenga Squiavenati 10 years, 11 months ago

          A TV a Laser chegou muito antes do esperado. Mostrada pela primeira vez na Consumer Electronics Show 2008, a Mitsubishi acaba de anunciar que o primeiro modelo já está disponível comercialmente. Com 65 polegadas, a TV Laser vai custar US$7.000,00 nos Estados Unidos. O próximo modelo, de 73 polegadas, deverá estar disponível até o final de 2008.

 

 

Desvantagens e riscos das TVs a Laser

 

 

          Mas porque antes do esperado? Porque as TVs a Laser tinham dois problemas técnicos difíceis de resolver: o primeiro são as manchas causadas ao redor de cada pixel gerado por um laser. Projete sobre uma parede um daqueles apontadores a laser usados em apresentações, ou aquelas canetinhas que se compra em camelôs, e observe que, ao redor do ponto central da luz há algo como um "salpico" (existe isso? - resultado de se salpicar) de luz. Em inglês o termo é speckle. Resultado: a imagem dos primeiros protótipos de TV a Laser era totalmente borrada.

-----No FAQ disponível no site da LaserVue, a resposta para esta questão é a seguinte:

* Q: How has Mitsubishi solved the problem of speckle in its LaserVue TV?

* A: Mitsubishi is not able to comment specifically on features or technology that employ company-proprietary intellectual property.

-----Então tá. Passemos ao segundo problema.

          Um raio laser, por mais fraco que seja, pode danificar a retina humana. Os tais apontadores e canetinhas não podem ser apontados para o olho de alguém, sob o risco de danificar seriamente a visão - ou pelo menos alguns pixels (que os humanos chamam de cones e bastonetes) do olho do alguém - e até cegar.

-----No FAQ disponível no site da LaserVue, a resposta para esta questão é a seguinte:

* Q: Will LaserVue TV be safe for consumers?

* A: Absolutely.

          Bom, como são meus queridos dois únicos olhos que estão em jogo, e como eles insistem em olhar sempre para o mesmo lado, ou seja, não dá para economizar um deles enquanto o outro se arrisca, eu acho que a Mitsubishi poderia ter dado um pouco mais do que uma única palavra. Às favas as company-proprietary intellectual properties - os clientes merecem mais respeito e cuidado.

-----Bom, mas vamos considerar que eles estão certos e que o brilho da TV a Laser não irá nos cegar.

          Então se prepare, porque o brilho é realmente impressionante. Segundo os repórteres que viram o protótipo, é difícil distinguir entre a imagem da tela da TV a Laser e uma janela (hulalá, hein...).

Bom, a LaserVue é Full HD e tem um grande adicional: ela já vem com a tecnologia 3D. Basta usar aqueles "oclinhos" abestalhados. Ela também consome metade da energia de uma TV LCD ou plasma (cerca de 200 Watts).

 

 

Como funciona a TV a Laser?

 

 

          Esqueça as TVs LCD e plasma e volte um pouquinho no tempo. Lembra-se das TVs de projeção? Aquelas que você não vê nada se não estiver exatamente na frente delas. Pois é, a TV a Laser nada mais é do que uma TV de projeção na qual a lâmpada foi trocada por três feixes de raios laser - um vermelho, um verde e um azul.

          As TVs de projeção utilizam a mesma tecnologia dos projetores usados em apresentações (que aqui no interior o pessoal chama de canhão), baseada em uma lâmpada HID (High-intensity discharge) - a tecnologia é conhecida como DLP (digital light projection)

          Na TV a Laser, essa lâmpada é substituída por uma unidade com os três lasers. Lembre-se que só existem lasers vermelhos disponíveis comercialmente. Os verdes e azuis até agora só funcionam em laboratório em temperaturas que fariam pingüim tremer de frio. As luzes verde e azul são conseguidas por meio de uma técnica chamada geração de segunda harmônica (SHG - Second harmonic generation).

          Os lasers são muito melhores do que as lâmpadas, que conseguem gerar apenas um terço do espectro de cores que o olho humano consegue enxergar. A Mitsubishi afirma que a LaserVue atinge o dobro disso.

          A LaserVue mede 25 centímetros de profundidade mas a Mitsubishi afirma no site que, se você comprar a TV, eles lhe vendem também as buchas, parafusos e cantoneiras para que você possa fixá-la na parede.

          A TV a Laser chegou muito antes do esperado. Mostrada pela primeira vez na Consumer Electronics Show 2008, a Mitsubishi acaba de anunciar que o primeiro modelo já está disponível comercialmente. Com 65 polegadas, a TV Laser vai custar US$7.000,00 nos Estados Unidos. O próximo modelo, de 73 polegadas, deverá estar disponível até o final de 2008.

 

 

 

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.